Projeto Mãos à Obra do Unileste realiza pintura em Apae de Coronel Fabriciano
Publicado em 26/08/2016

O projeto de extensão Mãos à Obra, do curso de Engenharia Civil do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (Unileste), desembarca na Apae de Coronel Fabriciano, nos dias 27 de agosto e 3 de setembro. O projeto tem como proposta a prática da chamada engenharia social e visa solucionar questões relacionadas à adequação de ambientes a partir da realização de pequenas intervenções em instalações elétricas, hidráulicas e/ou acabamentos em instituições de caráter social e que atendam crianças e/ou idosos.

O professor Felipe de Brito Freitas, coordenador do projeto, explica que a ideia é aproximar os universitários da prática profissional, bem como atender às necessidades das instituições que trabalham com a prestação de serviços de interesse público à população mais carente da região.

Segundo ele, em um primeiro momento foi realizado um diagnóstico em algumas instituições de reconhecido trabalho filantrópico na região e, a partir daí, definido o cronograma de atuação do projeto em 2016.

“A Apae de Fabriciano foi uma das instituições contempladas com as intervenções do projeto e durante esses dois sábados receberá o apoio dos extensionistas na preparação e  pintura de alguns  ambientes da instituição”, conta o professor Felipe.

Felipe explica que a atividade, além de possibilitar aos universitários a aplicação dos conhecimentos adquiridos no curso, estreita os laços com a comunidade de entorno do centro universitário a partir de uma formação comprometida com a prática da responsabilidade social. “As atividades de extensão são uma oportunidade de estender o aprendizado para fora da sala de aula, defrontando os futuros engenheiros com os desafios da profissão”, comenta.

Para ele, o projeto também permite propor soluções simples para os problemas diagnosticados em cada instituição atendida, buscando a segurança e o baixo custo de construção. Todo trabalho dos extensionistas é acompanhado pelos professores supervisores Marcos Ribeiro Macedo e Felipe de Brito Freitas.

Em casos de problemas mais complexos, as instituições são orientadas a procurar ajuda técnica de engenheiros profissionais. Outras informações sobre o projeto podem ser obtidas pelo e-mail: felipe.freitas@unileste.edu.br


© 2017 UNILESTE - Todos os direitos reservados

Campus Coronel Fabriciano: Av. Tancredo Neves, 3500, B. Universitário, 35170-056 - (31) 3846-5500
Campus Ipatinga: Rua Bárbara Heliodora, 725, Bom Retiro, 35160-215 - (31) 3846-5500